Coetrae define texto do Plano Estadual de Erradicação ao Trabalho Escravo no estado do Pará

site

Foi durante a última reunião da Comissão Estadual de Erradicação ao Trabalho Escravo – COETRAE-PA, realizada na sede da AMATRA 8, ontem (29/05), que os representantes das entidades que compõem a Comissão aprovaram a redação final do Plano Estadual para a Erradicação do Trabalho Escravo do Pará – PEETE-PA.

            O juiz do trabalho Pedro Tourinho Tupinambá, Presidente da AMATRA 8, entidade que tem assento na Coetrae, falou da importância em se consolidar uma ferramenta efetiva como a política pública de enfrentamento ao Trabalho escravo que será decorrente do Plano. “A aprovação do texto foi de grande importância para que sejam implementadas as medidas necessárias de enfrentamento a esse tipo de exploração de mão-de-obra que infelizmente ainda persiste no Brasil e em nosso estado”, comentou.

            O Plano agora segue para sua tramitação administrativa pelas secretarias estaduais até a sanção do governador.